• Em Copacabana Congresso técnico define grupos e partidas da fase principal; Veja

    Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 02.09.2015 O congresso técnico do Rio Open, etapa brasileira do Circuito Mundial 2015, definiu os grupos e partidas dos torneios masculino e feminino. Os duelos começam da fase principal do torneio começam nesta quinta-feira, a partir das 13h, com entrada franca à torcida na Praia de Copacabana. Serão 24 times divididos em seis grupos de quatro (em cada naipe). Ao todo, 19 duplas brasileiras - 10 no torneio feminino e nove na disputa masculina - buscarão medalhas para o país. Além de integrar o Circuito Mundial, o Rio Open também é um evento-teste aos Jogos Olímpicos de 2016. VEJA OS JOGOS DO TORNEIO MASCULINO Avançam à segunda fase do Rio Open os dois primeiros colocados de cada grupo e ainda os dois melhores terceiros na classificação geral. Outros quatro terceiros colocados disputam partidas eliminatórias diretas (lucky loser)em busca das últimas vagas às oitavas de final. VEJA OS JOGOS DO TORNEIO FEMININO O Brasil será representado no torneio masculino por Alison/Bruno Schmidt (ES/DF), Pedro Solberg/Evandro (RJ) e Ricardo/Emanuel (BA/PR), garantidos pelo ranking de entradas, Pedro Cunha/Allison Francioni (RJ/SC), que receberam convite da organização, e Guto/Saymon (RJ/MS), Luciano/Márcio Araújo (ES/CE), Ramon Gomes/Lipe (RJ/CE), Bruno/Hevaldo (AM/CE) e Daniel Souza/Marcus Borlini (RJ/ES), classificados pelo torneio qualificatório. O torneio feminino terá as brasileiras Ágatha/Bárbara (PR/RJ), Juliana/Maria Elisa (CE/PE), Fernanda Beri/Taiana (RJ/CE) (convite da organização) e Larissa/Talita (PA/AL), que já estavam garantidas pelo ranking, além de Maria Clara/Carol (RJ), Ana Patrícia/Renata (MG/RJ), Pauline/Paula Hoffmann (RJ), Ângela/Rachel (DF/RJ), Val/Josi (RJ/SC) e Duda/Elize Maia (SE/ES), que avançaram pelo qualificatório. A última etapa realizada em Copacabana aconteceu em 2004, e o título ficou com as brasileiras Ana Paula e Sandra Pires. Serão distribuídos 150 mil dólares em premiações na competição. Read More
    Circuito Mundial
  • Classificadas Brasil avança com mais seis duplas à fase de grupos no naipe feminino

    O Brasil terá dez representantes na chave principal feminina do Rio Open, 13ª etapa do Circuito Mundial 2015 e que será disputada até o próximo domingo na Praia de Copacabana. Além de Larissa e Talita (PA/AL), Ágatha e Bárbara Seixas (PR/RJ), Juliana e Maria Elisa (CE/PE) e Fernanda Berti e Taiana (RJ/CE), já classificadas, na tarde desta quarta-feira (02.09) outros seis times venceram seus jogos e também se garantiram na chave principal.   Entre os times brasileiros avançaram Maria Clara/Carol (RJ), Ana Patrícia/Renata (MG/RJ), Pauline/Paula Hoffmann (RJ), Ângela/Rachel (DF/RJ), Val/Josi (RJ/SC) e Duda/Elize Maia (SE/ES). Além delas, também avançaram as norte-americanas Amanda Dowdy/Heather McGuire e as chinesas Yuanyuan Ma e Xinyi Xia.   "O Circuito Mundial é sempre muito difícil, tem muitas duplas boas. Este foi o terceiro qualificatório que conseguimos passar. Espero conseguir fazer uma boa campanha, aproveitando que estamos jogando no Brasil”, comemorou a sergipana Duda, que em 2015 já disputou os Opens de Lucerna, na Suíça, e Praga, na República Tcheca.   A competição carioca também será especial para cinco atletas que fazem sua estreia em circuitos mundiais, casos de Pauline, Paula Hoffmann, Josi, Rachel e Ana Patrícia, de apenas 17 anos.    Ao lado de Duda, Ana Patrícia foi campeã dos Jogos Olímpicos da juventude no ano passado, na China. Hoje, a jovem atleta mostra desenvoltura ao lado da experiente Renata, semifinalista nos Jogos de Pequim 2008, onde terminou em quarto lugar.    "Viemos sabendo dos desafios. Nos inscrevemos quase na última hora, traçamos nossos objetivos, fomos para a quadra com muita garra para superar as dificuldades. É uma experiência sensacional poder fazer parte deste evento. É muito importante para a minha formação como atleta ter disputado o torneio qualificatório e avançar para a chave principal. Isso certamente vai me engrandecer profissionalmente”, afirmou Ana.   A competição servirá como evento-teste para as Olimpíadas, e será disputada na mesma faixa de areia dos Jogos do ano que vem. A última etapa realizada em Copacabana aconteceu em 2004, e o título ficou com as brasileiras Ana Paula e Sandra Pires. Serão distribuídos 150 mil dólares em premiações na competição.   O formato também é olímpico, com o torneio principal composto por 24 duplas femininas, divididas em seis grupos de quatro times cada. Avançam à segunda fase os dois primeiros colocados e os dois melhores terceiros colocados. Os outros dois terceiros disputam uma partida eliminatória para definir as 16 equipes classificadas às oitavas de final. Nesta quinta-feira (03.09), as primeiras partidas da chave principal terão início às 13h (horário de Brasília), na arena montada na praia de Copacabana. A entrada é franca.   VEJA A GALERIA DE FOTOS http://2015.cbv.com.br/midia/galeria-de-imagens/item/22586-rio-de-janeiro-rj-02-09-15-rio-open    VEJA OS RESULTADOS http://www.fivb.org/EN/BeachVolleyball/Competitions/WorldTour/2015/event/Results.asp?TournCode=WRIO2015&Phase=1     Read More
    Circuito Mundial
  • Superliga 15/16 Reunião define logística para temporada masculina

    Em reunião realizada nesta quarta-feira (02.09) na sede da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), no Rio de Janeiro (RJ), foram acertados os detalhes de logística para a temporada 2015/2016 da Superliga masculina, que será disputada por 12 clubes entre o início de novembro de 2015 e 10 de abril de 2016. Em um modelo inédito, a CBV viabilizará financeiramente a logística de viagens dos times visitantes, incluindo passagens aéreas, hospedagem e traslados terrestre, além de custear arbitragem e fornecer bolas para a competição. A CBV receberá em troca propriedades para comercialização: postes, redes e cadeiras de árbitros. Participaram da reunião pela CBV o Diretor Executivo, Ricardo Trade, o Diretor de Seleções, Renan Dal Zotto, e o Diretor Comercial, Douglas Zarlotin Jorge, além de representantes dos 12 clubes. Também acompanharam a reunião o Presidente da Federação Gaúcha de Voleibol, Carlos Cimino, e o Presidente da Federação Mineira de Voleibol, Carlos Rios. O Diretor Executivo da CBV enfatizou a importância do trabalho em conjunto com os clubes. “Estamos todos imbuídos do espírito de colaboração para termos uma Superliga cada vez mais forte e à altura da qualidade do vôlei brasileiro”, comentou Ricardo Trade. A tabela do campeonato está em confecção, na fase de ajustes finais. Estiveram presentes à reunião representantes de todos os 12 clubes participantes da competição: Sada Cruzeiro Vôlei (MG), Sesi-SP, Funvic/Taubaté (SP), Minas Tênis Clube (MG), Vôlei Brasil Kirin (SP), Copel Telecom/Maringá Vôlei (PR), Vôlei Canoas (RS), Montes Claros Vôlei (MG), UFJF (MG), Voleisul/Paquetá Esportes (RS), Bento Vôlei/Isabela (RS) e São José dos Campos (SP). Na terça-feira (01.09), foi realizada a reunião com os 12 clubes integrantes da Superliga feminina. Na ocasião, ficou acordado que a CBV arcará com hospedagem, além dos custos com passagens aéreas, arbitragem e bolas. Não serão custeadas alimentação e traslado terrestre, uma vez que na Superliga feminina a CBV não receberá as propriedades de postes, redes e cadeiras de árbitro para comercialização. O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro. Read More
    Superliga
  • aviso aos jornalistas Seleção feminina faz treino aberto à imprensa nesta quinta-feira em Barueri

    A seleção brasileira feminina de vôlei fará treino aberto à imprensa nesta quinta-feira (03.09), no Sportville Centro de Treinamento (Rua Mari, 100), em Barueri (SP). O treinamento acontecerá a partir das 17h e os jornalistas poderão fazer as entrevistas com atletas e comissão técnica após o trabalho. O time feminino se prepara para uma série de amistosos na Holanda visando o Sul-Americano da Colômbia, entre os dias 29 de setembro e 3 de outubro. Os jornalistas interessados na cobertura devem confirmar presença através do e-mail imprensa@volei.org.br até às 14h desta quinta-feira (03.09). O assessor de imprensa Vicente Condorelli (21 - 99450-4650) estará em Barueri para ajudar no trabalho. O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro Read More
    Quadra
  • Força Total Três estreantes e reforço brasileiro no torneio masculino à fase de grupos

    Nove duplas terão a missão de fazer o Brasil volta a comemorar uma conquista masculina do Circuito Mundial nas areias da Praia de Copacabana após 12 anos. Nesta quarta-feira (02.09), Guto/Saymon (RJ/MS), Luciano/Márcio Araújo (ES/CE), Ramon Gomes/Lipe (RJ/CE), Bruno/Hevaldo (AM/CE) e Daniel Souza/Marcus Borlini (RJ/ES) venceram seus jogos pela fase qualificatória e avançaram à fase de grupos do Rio Open, evento que servirá como teste aos Jogos de 2016. Os times se juntam à dupla campeã mundial Alison/Bruno Schmidt (ES/DF), Pedro Solberg/Evandro (RJ) e Ricardo/Emanuel (BA/PR), já garantidos pelo ranking de entradas do circuito. Pedro Cunha/Allison Francioni (RJ/SC) receberam convite da organização (wild card) e também estão confirmados na fase de grupos. As partidas do torneio masculino terão início nesta quinta-feira (03.09), a partir das 15h. Entre os classificados, algumas caras novas e outros atletas experientes. Caso do cearense Lipe, que comemorou o reencontro com o tour mundial após três anos. "A última vez que disputei uma etapa do Circuito Mundial foi em 2012. Na oportunidade joguei ao lado do Beto Pitta, mas não conseguimos avançar à chave principal. Três anos depois, corremos para regularizar a situação e vir ao Rio de Janeiro. O Circuito Mundial tem um clima diferente. A sensação é indescritível. Agora vamos com o objetivo de ganhar pelo menos uma partida na fase de grupos para avançar na competição”, disse Lipe. Três atletas farão a estreia em etapas do Circuito Mundial. São os casos de Daniel Souza, Marcus Borlini e Ramon Gomes. O último título masculino nas areias de Copacabana foi conquistado pelos experientes Ricardo e Emanuel, quando a praia foi sede do Campeonato Mundial na temporada 2003. No ano seguinte, onde o último evento na ‘Princesinha do Mar’ foi realizado, o título ficou com a dupla alemã Markus Dieckmann e Jonas Reckermann. Como evento-teste, o sistema de disputa do Rio Open terá o mesmo formado da principal competição do planeta. O torneio principal será composto por 24 duplas, com a formação de seis grupos com quatro times. Avançam à segunda fase os dois primeiros colocados de cada grupo e ainda os dois melhores terceiros na classificação geral. Outros quatro terceiros disputam eliminatórias diretas em busca das últimas vagas às oitavas. O dia começou cinzento em Copacabana, e com 23 duplas masculinas na briga por uma das oito vagas restantes na fase principal do Rio Open. Destas, 17 parcerias vestiam as cores verde-amarela. Para alcançar o feito, Guto/Saymon venceu Arthur Lanci/Eduardo Davi por 2 sets a 0 (21/16 e 21/14), em 30 minutos. Bruno/Hevaldo também precisaram de um único jogo para alcançar a fase de grupos, e venceram George/Jô por 2 sets a 1 (21/14, 18/21 e 15/13), em 47 minutos. Na primeira rodada da fase classificatória, Márcio Araújo/Luciano superou Paulo Victor/Adriano Fonseca por 2 sets a 1 (21/19, 20/22 e 15/11), em 48 minutos, e confirmou a vaga ao derrotar André Stein/Vinicius por 2 sets a 0 (21/17 e 21/18), em partida válida pela segunda rodada e que durou 40 minutos. Daniel Souza/Marcus Borlini precisou de 47 minutos para vencer os alemães Holler/Schröder por 2 sets a 1 (21/19, 18/21 e 15/13) para carimbar a vaga na fase de grupos. Na rodada anterior, a parceria havia eliminado Grabovskyy/Burlacu, do Canadá (21/18 e 21/17), em 35 minutos.  Já Lipe/Ramon Gomes não tomou conhecimento dos adversários e venceu Léo Gomes/Bernat e os chilenos Salinas/Tobar em dois sets diretos, com parciais de 21/16 e 21/13 e 21/167 e 21/17, respectivamente. A competição carioca servirá como evento-teste para as Olimpíadas, e será disputada na mesma faixa de areia dos Jogos do ano que vem. A última etapa realizada em Copacabana aconteceu em 2004, e o título ficou com as brasileiras Ana Paula e Sandra Pires. Serão distribuídos 150 mil dólares em premiações na competição.   VEJA A GALERIA DE FOTOS http://2015.cbv.com.br/midia/galeria-de-imagens/item/22586-rio-de-janeiro-rj-02-09-15-rio-open    VEJA OS RESULTADOS DO DIA http://www.fivb.org/EN/BeachVolleyball/Competitions/WorldTour/2015/event/Results.asp?TournCode=MRIO2015&Phase=1  Read More
    Circuito Mundial
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1
  • 1

Seleção Masculina

Vôlei Praia

Seleção Feminina

Vôlei Quadra